VOCÊ PODE ME ACHA NO FACEBOOK

FAÇA A SUA PESQUISA

Carregando...

CONHEÇA OS SEUS DIREITOS

CONHEÇA OS SEUS DIREITOS
Artigo 5º da Constituição Federal Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição; II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei; III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante; IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem; VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias; VII - é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva; VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei; IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Dicas Comunicação Eficaz




 

Alcance o topo sabendo se comunicar!

Comunicação Eficaz

É incrível como percebemos que a maior geração de conflitos, discussões, brigas no trânsito, nas empresas e, principalmente, no casamento, é a maneira como interpretamos o que o outro diz.

Muitas vezes gera do ato de não sabermos ouvir de verdade. Com os olhos, coração e ouvidos.

Dificilmente as pessoas conseguem dizer o que deve ser dito na hora certa e com as palavras e expressão corporal adequadas para alcançar o diálogo.

Muitas vezes dizemos assim: "Não sei por que fulano se ofendeu, não disse nada demais".  Será que o tom de voz e a expressão diziam o mesmo?

Em comunicação, canal (por vezes designado por canal de comunicação) designa o meio usado para transportar uma mensagem do emissor ao receptor.

É muito interessante conhecermos sobre Canais de Comunicação para entendermos um pouco mais sobre comunicação eficaz.

Mas amigos leitores, o que é mesmo comunicação? Diante do dicionário observamos o seguinte: Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Comunicação = Dinâmica de relacionamento entre as pessoas e que pressupõe duas dimensões. O diálogo que estabelecemos conosco próprios e que se chama diálogo intrapessoal (de mim para comigo). O diálogo que estabelecemos com qualquer outra pessoa em qualquer nível – familiar, acadêmico, profissional, amizade, afetivo etc – chamamos de diálogo interpessoal todo processo de comunicação que pressupõe os seguintes elementos:

Transmissor ou Emissor = Aquele que transmite verbalmente ou não verbalmente um conteúdo de idéias, palavras, expressões e valores que ele deseja que a outra pessoa entenda.

Mensagem = corresponde ao conteúdo de idéias, palavras, expressões e valores enviados pelo transmissor e que serão captados pela outra pessoa.

Receptor = aquele que recebe a mensagem, interpreta-a e devolve uma nova mensagem reformulada ao seu transmissor. Neste momento aquele que era o receptor torna-se um novo transmissor.

Os canais de comunicação são três:

Visual = é pela forma da imagem em que a pessoa processa e interpreta o mundo. Para uma pessoa ou público visual, as informações obtidas do meio ambiente ou de sua mente estão voltadas para dados sobre tamanho, proporção, cor, beleza, altura, profundidade, largura, detalhes... Uma pessoa visual é muito observadora no conjunto e nos detalhes.

Auditivo = é a forma sonora a mais predominante. O auditivo consegue perceber com maior nitidez e facilidade dados vinculados ao som: volume, tonalidade, vocabulário, ruídos, discursos, conversas, discussões. Uma pessoa auditiva presta muita atenção naquilo que está sendo dito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário